LIMA Analisa Situação Socio-política E Económica Da Mulher E Das Famílias

0 42

Este post também está disponível em: pt-ptPortuguês enEnglish frFrançais

Sob o lema: “47 anos de luta pela valorização e dignificação da mulher angolana”, ocorreu esta quinta-feira, 27 de Junho do ano corrente, em Luanda, no Complexo Sovismo – Viana, a IV Reunião da Liga da Mulher Angolana (LIMA), braço feminino da UNITA, que contou com a participação de 251 Delegadas vindas das 18 Províncias do País.

De entre os vários assuntos abordados, as delegadas analisaram a situação social, política e económica da mulher e das famílias em geral, avaliaram a situação interna das suas estruturas e o grau de cumprimento do Plano de acção da organização, segundo consta do comunicado final divulgado depois da actividade.

Após a reunião as participantes concluíram que a mulher é a franja da sociedade mais afectada pelos altos índices de pobreza, miséria e exclusão social patentes no nosso país, pelo que insta as autoridades competentes e as organizações afins no sentido de colocar a mulher no centro das políticas públicas tendentes a reduzir a fome e a pobreza e elevar o nível e a qualidade de vida das famílias angolanas.

Sobre a violência doméstica, a reunião constatou que o fenómeno é um problema universal que atinge milhares de pessoas de forma silenciosa e dissimulada, realçando ser urgente proporcionar-se programas de sensibilização nas escolas, de modo a não influenciar a incidência do problema nas gerações vindouras; continuar a incentivar debates na comunicação social para minimizar os efeitos nefastos da violência conjugal, psicológica, física, económica e laboral.

Ressaltaram a importância da participação política da mulher, e enalteceram o papel que ela tem desempenhado no Parlamento e noutros órgãos de tomada de decisão, pois a subalternização da mulher em muitas esferas da sociedade impede que a igualdade consagrada na lei tenha, de facto, os necessários reflexos práticos.

Os membros participantes concluíram ainda que, uma efectiva dignificação da mulher passa pela mobilização das mulheres e do povo em geral à volta do Projecto de Sociedade da UNITA, e Alternância Política para consolidação do Estado Democrático em Angola.

Por outro lado, o IV Reunião da organização feminina da UNITA decidiu que o Congresso será convocado oportunamente, ponderadas todas as questões objectivas para os devidos efeitos.

“A IV Reunião da Comissão Política tomou boa nota do Plano Integrado de Intervenção nos municípios e concluiu que se é possível desconcentrar verbas para todos os municípios ao mesmo tempo, também é possível institucionalizar as autarquias locais em todos os municípios em 2020”, refere o comunicado.

Aniversary

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More